Quando gira o mundo

27 de outubro de 2008
Tags: , , , ,

Uma vez alguém me disse, em tom de ameaça, que o mundo dava voltas. Tenho que dar razão. Dá mesmo. Ainda bem!

Quando cheguei aqui de manhã, vi a mochila daquele ser que um dia foi a razão do meu afeto largada sobre o balcão da recepção, assim como a bolsa da recepcionista, moça que ele assedia desde quando começou a trabalhar aqui. Aliás, ela é irmã de uma ex-funcionária que ele também assediava, prova de que originalidade não é muito a praia dele. Os dois estavam em algum lugar na parte dos fundos da empresa e, automaticamente, veio a minha mente: estão se pegando.

Sim, eu também acho esta expressão horrorosa. Mas, neste caso, ela é bastante clara e serve bem. E, ao invés de ficar chateada, como teria ficado há algum tempo, subi a escadaria sorrindo. Sorrindo porque a menina deve estar feliz com a conquista que fez e que, para alguém que não tem muitas perspectivas, foi grande mesmo. O cara é formado, é “chefe” (isso me faz gargalhar… Só ele não percebe que ele FOI chefe, hoje é apenas um capacho do chefe de verdade), ela deve imaginar que ele ganhe uma fortuna (novas gargalhadas) e que, se ela fizer tudo direitinho, pode vir a largar a gatosa dele para ficar com ela. Além dele ser bonito, claro.

Já ele, deve ter se achado por “pegar” uma gatinha com metade da idade dele, depois de não ter conseguido traçar a irmã, que fez doce demais e saiu antes de consumar o fato. Bonita, burrinha, que o tem como um herói, a típica outra perfeita. De ótimo tamanho para a “esperteza” do rapaz, que se acha o máximo e não é capaz de enxergar suas enormes limitações. E quem enxerga os próprios defeitos com serenidade mesmo?

Sorri porque fiquei feliz em perceber que EU ACORDEI e o deixei de verdade para trás. Que mesmo que tudo o que tanto pedi antes acontecesse hoje, NÃO VOLTARIA ATRÁS. Deus realmente sabe o que faz. Tirou um cara covarde, preguiçoso e medíocre do meu caminho, me fez ver que eu mereço mais e melhor. E que não preciso ter pressa, porque minha vida é mais e melhor.

Não quero, de coração limpo, um homem fraco como ele. Espero, de verdade, que ele consiga achar um jeito de ser feliz, apesar de achar isso bastante improvável, visto que se trata de alguém emocional e profissionalmente incompetente. Porém, não desejo nada de ruim, pelo contrário. Tomara que um dia ele possa ser metade do feliz que estou atualmente. Isso já faria com que a vida dele valesse alguma coisa.

Quanto a mim, estou bem, obrigada. Em meio às dúvidas e paredes em que me bato, tenho orgulho de mim mesma, reencontrei minha auto-estima, que por anos esteve perdida. Tenho um plano, sei para onde estou indo e ninguém pode me segurar a não ser Deus. Portanto, adeus entulho! 😀

Anúncios

Entry Filed under: Diário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

outubro 2008
D S T Q Q S S
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: