Affairfobia

5 de maio de 2008
Tags: , , ,

A verdade é que a idade nos faz medrosos. Há alguns anos, eu mesma não entenderia a forma como reajo ao fato de me interessar por determinadas pessoas. Pensar que já fui cara-de-pau e beijoqueira chega a ser engraçado.

Para ser sincera, o que me impede de me jogar é mais o pânico de perder amigos por uma bobagem. Ainda que sim, eu sinta muita vontade, que existam pessoas que mexem comigo de tal forma que é complicado me segurar, prefiro permanecer calada. A idéia de deixar de ter algumas pessoas em minha vida fere mais do que não saber onde as coisas poderiam ir.

No caso atual, não estou apaixonada. Isso até me deixa cismada, logo eu, que me apaixono facilmente. O que acontece é uma vontade estranha, um impulso de beijar loucamente durante horas e de conversar e de tocar e de… Enfim, desejo. Se viraria outra coisa? Não sei, nem acho que vá saber. Porque não vou me mexer para descobrir.

Óbvio que é um saco ficar perto, querer estar perto e não poder falar toda a verdade. Porém, é assim e continuará sendo. Apenas em caso de despressurização, isso pode mudar.

*****

Uma última nota para a posteriadade: estou feliz. Estar perto do Espanhol de novo me deixa feliz. ❤

Anúncios

Entry Filed under: Diário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to comments via RSS Feed

Páginas

Categorias

Agenda

maio 2008
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Most Recent Posts

 
%d blogueiros gostam disto: